You are hereApresentação da semana

Apresentação da semana


Semanalmente, às segundas-feiras às 9h, são feitas no LACE reuniões com apresentação, por um dos integrantes do laboratório, de um artigo científico acerca de temas que se relacionem com as linhas de pesquisa desenvolvidas.

Segue-se à apresentação uma discussão para debater os conceitos, técnicas e resultados do artigo apresentado.

Abaixo disponibilizamos a tabela com os datas dos artigos e respectivas apresentações já realizadas pelos integrantes do LACE.

Nos links abaixo, estão disponíveis várias apresentações em PDF. Além disso, para melhor compreensão de todos, todas as semanas, disponiblilizaremos um resumo explicando o tema central de cada artigo apresentado.

Efeitos benéficos do tratamento oral a longo prazo de L-arginina adicionado a uma dieta hipocalórica e programa de treinamento físico em pacientes com diabetes tipo 2 insulino-resistentes

Because chronic L -arginine supplementation improves insulin sensitivity and endothelial function in nonobese type 2 diabetic patients, the aim of this study was to evaluate the effects of a long-term oral L -arginine therapy on adipose fat mass (FM) and muscle free-fat mass (FFM) distribution, daily glucose levels, insulin sensitivity, endothelial function, oxidative stress, and adipokine release in obese type 2 diabetic patients with insulin resistance who were treated with a combined period of hypocaloric diet and exercise training.

Influência do comando central e ativação de aferências musculares sobre a velocidade do sangue na artéria cerebral anterior em resposta a exercício de panturrilha em humanos

 

Introdução: O estudo foi desenvolvido na Universidade de Birmingham, no Reino Unido, em cooperação com pesquisadores da Universidade Gama Filho, do Rio de Janeiro, para investigar as alterações regionais de fluxo sanguíneo cerebral mediadas por exercício de panturrilha, relacionando com a participação relativa de três mecanismos de controle do sistema nervoso autônomo durante o exercício: comando central, metaborreflexo e mecanorreflexo.

Relação entre adipocinas, inflamação e reatividade vascular em controles magros e indivíduos obesos com síndrome metabólica

A síndrome metabólica (SM) implica em uma série de alterações como hipertensão, intolerância a glicose, obesidade abdominal e dislipidemias. O tecido adiposo é um tecido ativo que secreta uma variedade de substâncias bioativas, conhecidas como adipocinas, que contribui com o aumento do risco de diabetes tipo 2 e doenças cardiovasculares.

Pressão arterial de dedo durante exercício de resistência de perna

Introdução: Diversos estudos apontam os benefícios dos exercício aeróbicos para indivíduos com hipertensão, outros são controversos em relação a indicação de exercícios resistidos para os mesmos. Em 1985, autores publicaram um pico de pressão arterial de 320/250 mmHg durante um exercício resistido de perna. Sabe-se que há diversos métodos para aferição da pressão arterial. A padrão-ouro é o método invasivo intra-arterial.

Estrutura e função arterial após recuperação de síndrome metabólica. Estudo do risco cardiovascular em jovens finlandeses.

A síndrome metabólica é caracterizada por alterações no metabolismo glicídico, obesidade, hipertensão e dislipidemia. A espessura íntima média da carótida, a distensibilidade da carótida e a dilatação mediada pelo fluxo podem ser determinadas de forma não invasiva. Essas medidas são consideradas marcadores da saúde vascular e suas alterações podem predizer eventos cardiovasculares.